Onde eu coloco minha almofada?

Muitas pessoas têm dúvidas em como decorar com almofadas. Vamos te ajudar nesta missão cheia de cor e charme!

Além de aconchego e de tornar o ambiente mais bonito, com vida e moderno, a almofada vai ditar o seu estilo e personalidade em cada local que for utilizada. E ainda: são peça que valorizam qualquer ambiente.

E todas estas vantagens por um preço bastante atrativo. Almofada geralmente tem um custo baixo, em especial se comparado a outros itens decorativos e que, convenhamos, nem têm tanto utilidade assim!

Apesar de toda esta versatilidade, existem algumas dicas de como usar a almofada a favor da sua decoração. Uma peça feita em lã com cashmere, por exemplo, não fica muito bem em um espaço mais despojado.

Quer conferir outras dicas de ouro? Vem com a gente:

almofadas-ambiente-08

Onde colocá-las

As almofadas são versáteis e transmitem estilo. Podem ser utilizadas em qualquer ambiente: salas, quartos de adultos, quartos das crianças, junto à lareira, em varandas, sacadas, terraços, jardins, piscinas e até no chão.

Nos quartos, o ideal é combinar a almofada com a roupa de cama. Não precisa ser conjuntinho. Utilizar a mesma paleta de cores e ornar as estampas, se for o caso, basta. Fica moderno e aconchegante.

A almofada de rolinho é muito utilizada por dar um toque diferente e especial à decoração da cama, inclusive em quartos de crianças. Nas salas, as almofadas conferem charme e elegância, ou um ambiente jovial e despojado, se for o seu estilo.

Aqui a dica é combinar as almofadas com a cor do sofá. Assim como no quarto, trabalhe na mesma paleta de cores. Escolha tecidos fáceis de limpar e com toque macio.

Até porque na sala a almofada não é mero item decorativo. São usadas para deitar e como apoio para as costas ou cabeça. Em sacadas, deck e jardins, a dica está em escolher tecidos impermeáveis.

O tamanho e o estilo vai depender do restante da decoração e de que tipo de estilo você quer passar. No chão, a melhor opção são as almofadas “grandonas”. Neste caso a almofada pode ser junto de um tapete e servir para delimitar um espaço, como um cantinho de leitura ou meditação.

Esta mesma combinação (almofada grande com tapete) pode ser usada para ser colocada próxima à lareira ou empilhadas descontraidamente para assistir à televisão.

Um material diferente para cada ambiente

A regra geral da decoração dita que almofadas de linho ou algodão são as mais utilizadas em um ambiente casual. Lã com cashmere, seda texturizada e cetim demarcam um visual mais sofisticado.

Peças diferenciadas, como almofadas de couro, cordas, crochê, fuxicos ou franjas, dão um toque de originalidade ao ambiente. Mas eles devem sempre estar combinadas a outras peças mais neutras.

Este mesmo mix vale para peças únicas, exclusivas ou que são verdadeiras obras de arte. É o caso das almofadas pintadas à mão, bordadas, com detalhes brilhantes, aplicações, estampadas com desenhos ou outros motivos que lhe concedem a singularidade.

almofadas-ambiente-01

As estações do ano

Poucas pessoas pensam nisso, mas as estações do ano influenciam bastante no material a ser utilizado nas almofadas. Imagina uma almofada de lã em pleno verão nordestino. Não dá, né!?

No inverno, opte por tecidos que ajudam a deixar o ambiente mais quentinho: é o caso da lã, do veludo, do linho rústico e da camurça. As cores marrom e laranja são as mais agradáveis.

No verão, as tramas devem ser mais leves. Cores como branco, bege e azul deixam o ambiente com a sensação de frescor.

Limpeza e conservação

Como as almofadas ficam expostas e também são constantemente manuseadas, é vital que você tenha uma atenção especial com suas peças. Passe uma aspirador de pó com frequência e lave as capas com regularidade. O ideal é que o enchimento seja de fibras de silicone, um material antialérgicos e mais durável do que as almofadas de flocos de espuma.

 

Gostou? Então venha conhecer a coleção de itens sensacionais disponíveis da Hazz. Compre online aqui: www.hazz.com.br

Onde e como usar tapetes orientais

Engana-se quem pensa que esta peça atemporal está restrita a ambientes clássicos

Tapete-oriental-2

Os tapetes podem ter várias propriedades e transformarem os ambientes. Podem aquecer, unificar o espaço, orientar a circulação, favorecer a acústica além de personalizar de forma bem particular cada cantinho da sua casa.

Tapetes orientais sempre foram ligados a uma decoração mais clássica, com elementos que remetem à riqueza e à realeza. Hoje, este tipo de peça continua um clássico atemporal da decoração, mas não precisa mais estar em um ambiente refinado.

Assim como em uma decoração em que é permitido misturar móveis e objetos de décadas diferentes, o mesmo vale para os tapetes. Existe apenas uma regra: o bom senso.

Este tipo de peça pode ser usada em quase todos os ambientes de sua casa: sob a mesa de jantar, cama, mesa de café ou simplesmente como tapete decorativo no salão de entrada ou na frente de sua cadeira favorita.

Tapete Oriental
Um tapete oriental pode trazer para a sua casa  um clima clássico e elegante ou intimista e aconchegante. Você escolhe!

Confira estas dicas para não errar e deixar seu ambiente tão lindo quanto os desenhos dos tapetes orientais:

  1.  Antes de mais nada, escolha o estilo que você quer. Se a intenção é criar um ambiente moderno, as peças com cores e padrões arrojados funcionarão melhor. Evite os padrões florais suaves, que são mais clássicos.
  2. Leve em consideração o local onde o tapete será colocado. Se a peça for ficar embaixo da mesa de jantar ou cama, por exemplo, escolha uma opção com decoração nas bordas e não no centro.
  3. Se a área tiver cores sólidas e design simples, dê preferência para os tapetes mais coloridos e com desenhos elaborados. Se o local já tiver muitas informações visuais, opte por uma peça mais sutil.
  4. Prefira os desenhos geométricos para montar um ambiente moderno e eclético. Estampas curvilíneas com um medalhão central são melhores para uma decoração mais clássica e bucólica.
  5. Por último, atente para o tamanho e a iluminação do espaço onde vai colocar o tapete. Peças com cores claras deixam o ambiente visualmente maior, enquanto cores escuras farão o cômodo parecer menor.

Fonte: eHow (editado)

Almofadas: peças chaves na decoração

Dicas imprescindíveis para você não errar na hora de usar almofadas na decoração!

Ainda não foi inventado nada que remete mais à sensação de aconchego do que a combinação almofada e tapete. Uma sala ganha vida ou muda completamente de ar quando estas duas peças importante são empregadas na decoração.

Uma cama rodeada por um tapete fofinho e almofadas é muito mais agradável do que aquele lugar vazio, que chega a dar eco. Um deck com espreguiçadeiras e almofadas macias são um convite para o descanso após uma semana cheia de trabalho.

Mas como combinar uma coisa com a outra e ainda com os móveis e cortinas que você tem? Missão impossível. Nada disso. Basta ter bom senso e seguir algumas regrinhas básicas de como usar almofadas na decoração. Vem ver:

Almofadas

Formas e tamanho

Se existe um item de decoração que é símbolo de versatilidade, este item é a almofada. Estas peças podem ser encontradas nas mais diferentes formas e tamanhos, e por isso são capazes de renovar ou dar um diferencial a qualquer ambiente.

Quadradas, retangulares, redondas, em formato de flor, de animais, de estrelas, com estampas, lisas, com estampa que remetem ícones de cartoons, cinema e estilo geek. Tem almofada para todos os gostos, todos os tipos de decoração e todos os estilos.

Quantidade e composição

A quantidade de almofadas a serem utilizadas vai depender do ambiente e da decoração que você já tem. Lembre-se: é preciso equilíbrio. O mais tradicional é utilizar almofadas quadradas ou retangulares, mas isso não significa que outros formatos devem ser banidos.

Esta escolha depende do seu estilo e do que você quer transmitir. O melhor é

organizar as almofadas em pares ou grupos três, dispostas em cada lado do sofá. Mas o seu gosto é o que conta.

Números ímpares dão um visual melhor do que pares. Mas se a intenção é uma decoração clássica, simetria e formalidade são necessárias. Neste caso, um número de almofadas par é ideal.

almofadas-listras-suede
Cores

As cores e tonalidades de suas almofadas ditarão o tipo de ambiente você deseja. Tons clássicos (como bege, marrom, verde pastel, etc) remetem a um ambiente tranquilo. Paletas mais fortes e coloridas geram um espaço mais alternativo e vibrante.

Se o sofá tiver uma estampa extravagante, opte por almofadas de uma cor só. Caso a peça principal da sala for de cor lisa, use e abuse das cores: tecidos florais, geométricos, com estampas de animais, símbolos, ídolos, com aplicações, listras, xadrez, folhagens, poá, e o que mais você gostar.

Um mix com algumas peças estampadas e outras lisas também é um clássico da decoração. As estampadas podem se misturar, mas desde que possuam alguma cor em comum.

Isso vai garantir a harmonia e o equilíbrio que numa decoração de bom gosto merece. Também é possível combinar almofadas com estampas do mesmo tema (geométricas, folhagens, animais ou listras) e cores diferentes.

Ainda: a mistura entre listras com xadrez, estampa de bicho com folhagem tropical, tecidos lisos com flores, listras e xadrez fica belíssimo e arrojado. Mas isso só pode ser feito dentro da regra da sintonia entre as cores.

Agora, cuidado com almofadas cujas cores sejam muito contrastantes ou os tecidos muito diferentes. Em alguns casos esta diferença grande pode criar um certo charme na decoração, mas geralmente o efeito é o reverso: quebra da harmonia e um ambiente pesado.

Gostou?
Então venha conhecer a coleção de itens sensacionais disponíveis da Hazz.
Compre online: www.hazz.com.br

 

Tapetes: que tipo de material escolher

Os tapetes estão disponíveis nos mais variados materiais e, por isso, escolher os que mais se adequam a nossa casa é um processo mais complicado do que muitos imaginam.

Quem não conhece as características das diferentes fibras, nem as suas vantagens ou desvantagens, pode sentir-se um pouco confuso quando é tempo de comprar o tapete ideal.

A escolha dos materiais deve estar diretamente relacionada com o espaço reservado para o tapete, assim como a função que a peça irá desempenhar. Um tapete persa de seda delicada, por exemplo, não é a melhor escolha para um quarto de crianças ou para um espaço onde há circulação de animais de estimação.

Em locais como cozinha ou banheiros, é mais vantajoso optar por comprar tapetes feitos com materiais de fácil limpeza e que, de preferência, possam ser lavados na máquina.

Para facilitar a sua escolha, conheça as principais características dos diferentes tipos de materiais e quais os que melhor adaptam-se para a sua casa.

Fibras naturais

Tapete feito em lã. Durável, mas pouco prático para ambientes como salas e outros espaços com muito tráfego
Tapete feito em lã. Durável, mas pouco prático para ambientes como salas e outros espaços com muito tráfego

As fibras naturais são provenientes de plantas ou animais. Os mais usados são a lã, o bambu, o sisal, o linho e a juta, entre outros. As peças feitas com este tipo de fibras são, normalmente, bastante duráveis, de elevada qualidade, mas também podem ser um pouco mais dispendiosos.

As fibras naturais podem ser uma boa opção para ambientes com decoração mais rústica. Tapetes feitos de sisal e juta cumprem com excelência este papel. Mas tenha cuidado. Este tipo de material não suporta umidade.

Desta forma, devem ser evitados em locais como banheiros e áreas externas.

Os tapetes de fibras naturais são também uma boa escolha para quem tem propensão para alergias e/ou problemas respiratórios.

Já se a sua necessidade é uma peça resistente, o sua opção pode ser a lã. Esta fibra natural é a que tem maior durabilidade em comparação com outros tipos de fibras, inclusive com as sintéticas.

Se misturada ao algodão, proporciona um toque mais macio e torna-se menos dispendioso. Contudo, você irá perder um pouco da durabilidade do produto. Tapetes mistos de algodão e lã desgastam-se mais rapidamente.

Fibras sintéticas

fibra sintética
Modelo Areia, da coleção Malibu, da Tapetes São Carlos. Ideal para espaços movimentados.

As fibras sintéticas, como o próprio nome sugere, são fabricadas através de processos industrializados. Alguns exemplos de materiais utilizados para fazer tapetes de fibras sintéticas são o nylon, o polipropileno, o acrílico e o poliéster.

São também fibras fortes e resistentes a climas mais extremos, humidade e água. Por isso são a melhor opção para áreas mais movimentadas e que se sujem mais, como cozinhas e espaços de refeições.

Os tapetes de fibras sintéticas, quando bem cuidados, podem durar por muitos anos, mesmo em zonas de maior tráfego. Muitos dos tapetes feitos com materiais sintéticos são também de fácil limpeza e manutenção, podendo em muitos casos ser lavados na máquina.

 

Gostou?
Então vem conferir as peças feitas sob medida para o seu lar doce lar
Compre online: www.hazz.com.br

 

Fonte: Decoração de Apartamentos

 

Cores na parede

Pinceladas que mudam a cara do ambiente

Paredes

A cor não tem apenas o papel de colorir. Mas também de volume e forma em um ambiente. Isto, agregado ao restante da decoração forma um espaço singular e estiloso!

Existem várias formas de utilizar a pintura das paredes para ampliar, diminuir e até alargar uma sala, por exemplo. Além disso, as cores também são capazes de iluminar um espaço que recebe pouco luz natural.

Para obter o efeito de ampliação, uma dica boa é utilizar um tom diferente da mesma cor utilizada nas outras paredes. Para trazer luz, a melhor aposta é no trio branco, bege e amarelo. Além de clarear o espaço, estas cores dão a impressão que o ambiente é maior.

Confira outras dicas da Hazz e mãos à obra:

Tonalidades mais escuras de uma mesma cor

Este truque alonga o ambiente. Para criar este efeito, basta pintar uma parede com uma tonalidade mais escura da mesma cor das paredes adjacentes. É importante que o restante da decoração siga esta linha para que o efeito não seja perdido. Por exemplo: Se houverem objetos de cores muito contrastantes juntos à parede, a perspectiva volta ao normal. Mas se estes objetos forem da mesma cor ou em tons similares ao da parede, o efeito permanece.

Contraste

Quanto maior o contraste entre cores, menor o ambiente vai parecer, e vice-versa. Ainda neste nicho, a utilização de um esquema de cores monocromáticas fará com que um ambiente pareça ser muito mais espaçoso do que lugares onde várias cores diferentes são utilizadas.

Tonalidades escuras de cores diferentes

Se a parede for pintada com uma cor diferente e mais escura das paredes adjacentes, o contraste fará com que ela pareça estar mais perto. Desta forma, o ambiente parecerá mais curto do que realmente é.

Confira nosso Facebook e fique por dentro de todas as novidades e das promoções da Hazz Tapetes.

Coleção Show

Um espetáculo de conforto e elegância

 

Coleção-Show

 

Com 70 milímetros de altura de fios e textura Shaggy, a coleção Show da Tapetes São Carlos é um espetáculo de conforto e aconchego. Inspirada nos movimentos e na leveza dos bailarinos, as peças possuem maciez indescritível.

A coleção conta com cinco cores com leve toque de brilho. Um glow que gera absoluta sofisticação e elegância a qualquer ambiente.

Além da beleza, esta coleção de tapetes possui duas tecnologias que aumentam ainda mais a qualidade do produto. Uma delas é a exclusiva tecnologia Confortex®, que garante cuidado especial com o piso contra riscos.

A outra é o tratamento anti-UV, o que garante alta resistência ao desbotamento causado pela incidência de luz.

Gostou? Então vem escolher o seu modelo na Hazz Tapetes.
Acompanhe nosso Facebook e fique por dentro de todas as novidades!

10 razões para ter carpete em casa

Um mito criou-se em torno do carpete e dos tapetes. Há que diga que são peças a serem evitadas por quem sofre com alergias, por exemplo.

Mas acredite, isto não passa de falácia. Não existe nada melhor do que andar em cima de um carpete ou de um tapete bem fofinho!

Duvida? Então dá ma olhada nas dicas da Tapetes são Carlos para a Hazz:

Carpete

 

1 – Melhor custo x benefício

Entre os revestimentos de piso mais comuns, o carpete é a opção mais acessível.

 

 2 – É saúde

Ao contrário do que a maioria pensa, o carpete retém o pó entre suas fibras até que seja aspirado. Isto é um benefício a mais para pessoas alérgicas, por exemplo.

 

3 – Proteção a mais

Os tapetes e carpetes São Carlos possuem a proteção antiácaro, o que gera ainda mais segurança, em especialmente para pessoas com propensão a desenvolver alergias.

 

4 – Conforto

Revestimentos como carpetes e tapetes minimizam a tensão que o corpo sofre ao caminhar, o que diminui problemas como dores nas costas e nas articulações.

 

5 – ZZzzzZZZ

Quer um ambiente silencioso e tranquilo? Então você precisa de um carpete! Este tipo de revestimento absorve quase 100% de todo o ruído de impacto no ambiente.

 

6 – Quentinho e fresquinho

O Carpete e o tapete age como um isolante térmico. As fibras sintéticas armazenam pequenas quantidade de ar, que retêm a temperatura do ambiente por mais tempo.

 

7 – Mais segurança

Carpetes oferecem proteção às quedas por serem macios e não-escorregadios. É a opção mais segura para famílias com crianças pequenas e idosos.

 

8 – Durabilidade

Acredite: seus filhos vão crescer, casar, ter seus netinhos e o carpete vai estar lá! Firme e forte.

 

9 – Praticidade

Esqueça a cera, água, vassoura, 200 mil produtos diferentes para limpar o chão. Quem tem carpete não precisa mais do que um bom aspirador de pó. É rápido e simples assim.

 

10 – Vapt Vupt

O carpete é o revestimento mais rápido e fácil de instalar.

 

Gostou? Então vem escolher o seu modelo na Hazz Tapetes.
Acompanhe nosso Facebook e fique por dentro de todas as novidades!

Guia prático para escolher seu tapete

Antes de comprar seu tapete, responda a essas quatro perguntas:

Como escolher seu tapete

1) Você precisa de um tapete para qual ambiente?
2) Quais as cores básicas da sua decoração?
3) Possui crianças e animais de estimação?
4)   Qual o tamanho do ambiente? 

Com estas respostas na cabeça, é só seguir as orientações da Hazz Tapetes para não errar na escolha! Vamos lá:

Tipos de tapetes x ambientes

Shaggy (fofos e de pelo alto)

Indicados para ambientes com pouco tráfego e que pedem um toque de conforto.

Exemplos: quartos e salas de estar.

Rústicos (imitam fibras naturais)

Vão bem em decoração rústica e em ambientes que necessitam de fácil manutenção

Exemplos: Cozinhas e corredores

Desenhados

Geralmente de pelo baixo, são mais fáceis de limpar que os tapetes shaggy. Recomendados para qualquer ambiente

Cores

A cor do tapete deve estar de acordo com o restante da decoração. O ideal é que a peça contenha pelo menos uma das cores presentes no ambiente. E atenção para estas dicas:

  • Tráfego alto: Tapetes escuros são mais indicados
  • Tráfego baixo: Tapetes claros são bem-vindos!
  • Para ampliar o ambiente: O uso de cores claras dão a sensação de que o ambiente é mais amplo.
  • Para quem tem pets e/ou crianças: Tapetes escuros também são a melhor opção.

Padrões e desenhos

O correto é ter, no máximo, dois padrões por ambiente. E caso você já possua móveis com algum tipo de patronagem, pode até optar por um tapete também com patronagem, mas desde que seja contrastante.

Por exemplo: O móvel tem patronagem pequena? Então escolha um tapete com um padrão grande. E vice-versa. Na prática, o que valerá mesmo é o seu bom senso estético.

Ainda neste nicho de patronagem de tapetes, é interessante salientar que peças com listras horizontais dão a sensação de maior amplitude ao seu ambiente. Por isso são ótimas escolhas para lugares pequenos.

Dimensões artistik_3_t

O tamanho e o formato dependerão do tamanho do seu ambiente. Aqui a dica mais preciosa é sobre os tapetes redondos. Reserve este formato para dar um toque especial em quartos infantis, halls de entrada e para delimitar espaços, por exemplo Para ajudar, tenha em mente:

  • Sala: O tamanho do tapete deve exceder 30cm nas laterais do sofá e 20cm embaixo dele.
  • Sala de jantar: A peça deve exceder de 50cm a 70cm dos pés da mesa.
  • Quarto: O tapete deve ultrapassar, no mínimo, 50cm das extremidades da cama (laterais e pés do móvel).

Aprenda a posicionar o seu tapete

Um tapete pode mudar completamente o clima e o visual de um ambiente. A peça, além de decorativa, traduz bom gosto, serve para abafar sons, para trazer conforto, requinte, deixar o ligar mais despojado, dividir espaços e até para fazer um carinho nos nossos pezinhos cansados! Além de definir qual a função do seu tapete, o tamanho, as cores, a padronagem e o material de que ele é feito, é necessário saber como o peça deve ser colocada em cada cômodo da casa.

Aprenda a posicionar o seu tapete

Existem alguns macetinhos para que tudo fique equilibrado e bonito. A Hazz vai ajudar você nesta tarefa. Confira as dicas:

Na sala de estar

O ideal é utilizar o tapete na mesma linha do sofá e que a peça exceda cerca de 30 centímetros nas laterais e 20 centímetros embaixo do móvel. Outra dica é utilizar um tapete grande o suficiente para acomodar todos os móveis com folga. Se a sua sala for pequena, não coloque o tapete embaixo do sofá, mas também não encoste nele. Deixe 5 centímetros de distância do móvel. Isso dará a impressão de a sala é maior.

Na sala de jantar

Não importa o formato da sua mesa, o tapete da sala de jantar deve, preferencialmente, ser quadrado – ou retangular. Aqui a regra é que a peça exceda algo em torno de 70 cm do tampo. Assim, as cadeiras podem ser arrastadas sem danificar o piso e sem ficarem presas na borda do tapete.

No quarto

Nada melhor do que um tapete bem fofinho no quarto. É gostoso de pisar em cima, deixa o ambiente aconchegante e convidativo ao descanso. O indicado é colocar o tapete embaixo da cama, de forma que ele fique pelo menos 30 centímetros para fora nas laterais e nos pés do móvel. Você também pode optar por duas passadeiras, uma de cada lado da cama. Neste caso o ideal é que elas sigam toda a extensão do móvel. Ultrapasse, no mínimo, 50 centímetros das extremidades das laterais e dos pés do móvel.

Almofadas

Uma maneira barata e bonita de
deixar qualquer ambiente aconchegante

Almofadas coleção Acores
Capas e almofadas da coleção Acores. Itens com estampas florais, abstratas e lisas. No tamanho 43x43cm

Sempre com o intuito de inovar, a Hazz Tapetes passa agora a comercializar as almofadas. Confeccionadas a partir de matéria prima de primeira linha, os itens são de extrema qualidade, resistência, durabilidade e maciez ao toque.

Não existe ingredientes melhores para um item que passou de meramente decorativo para ser realmente usado em ambientes como salas, quartos, living rooms e áreas externas.

As almofadas e capas dão um charme todo especial a qualquer ambiente, além de criarem um clima de sofisticação, romantismo, aconchego e bom gosto. Tudo vai depender da proposta que você quer criar.

Capas e almofadas da coleção Bali. Itens nas cores amarela, vermelha e verde, com estampas florais, listras e ondas. No tamanho 43x43cm
Capas e almofadas da coleção Bali. Itens nas cores amarela, vermelha e verde, com estampas florais, listras e ondas. No tamanho 43x43cm

Ao aliar design, sofisticação, cor e originalidade, a Hazz busca transformar o ambiente da sua casa com seus produtos.

A loja venderá as coleções e capas:
- Almofada Suede
- Almofada Diamante
- Almofada Acores
- Almofada Bali
- Almofada Safari

Faça a sua compra online:
www.hazz.com.br/almofadas

Sobre a Hazz
Hazz Decorações é uma empresa do Grupo Hazz e agrega experiência de mais de 20 anos no mercado têxtil. Acompanhe as promoções e as novidades por meio do nosso Facebook: /HazzTapetes.